AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA BOA ÁGUA

Site do Agrupamento e Escolas da Boa Água

9ª Edição da Assembleia Municipal de Jovens

No dia 19 de maio de 2012, pelas 15h, decorreu a 9ª edição da Assembleia Municipal de Jovens no pavilhão do Grupo Desportivo de Alfarim – Sesimbra, subordinada ao tema “O Papel dos Jovens na Comunidade. Que dinâmicas? Que futuro?”.

A equipa de trabalho da Escola Básica Integrada da Boa Água, composta pelas professoras Susana Matos e Sandra Alpalhão e pelos alunos Vítor Ramos, Rogério Vieira e André Antunes do 9ºC, Pedro Lopes, Eduardo Marques e Duarte Antunes, do 7ºB, e André Mateus, Catarina Parreira, Cristiana Tomás, Renato Duarte e Mariana Lino, do 7ºC, desenvolveu propostas de acordo com o subtema “Voluntariado”. As propostas foram aprovadas pela Assembleia e louva-se o trabalho empenhado dos alunos, que se revelaram verdadeiros deputados.

(clique na imagem para aumentar)

Ação de sensibilização sobre Primeiros Socorros

No dia 16 de Maio desenrolou-se na Escola Básica Integrada da Boa Água uma ação de sensibilização sobre Primeiros Socorros, com a presença de três elementos da corporação de Bombeiros Voluntários de Sesimbra – Quinta do Conde e de uma representante da Proteção Civil de Sesimbra.

A ação foi dirigida a alunos, professores e funcionários da nossa escola, tendo sido dinamizada pelo Clube da Proteção Civil com o apoio do Departamento de Matemática e Ciências Experimentais.

A atividade permitiu que os alunos, de uma forma divertida e prática, adquirissem novos conhecimentos sobre os procedimentos a tomar aquando da realização de Primeiros Socorros.

Uma experiência muito enriquecedora para todos os que presenciaram a atividade!

(clique nas imagens para aumentar)

Orquestra Geração

Respondendo à proposta da Escola de Música do Conservatório Nacional, os alunos da Orquestra Geração foram convidados a participar no Projeto “A Pequena Flauta Mágica”, com o objetivo de poder vivenciar e usufruir de um conjunto variado de experiências inerentes à produção de uma Ópera, ao nível profissional.

O Teatro Municipal de Almada foi também convidado a integrar o projeto, sendo que o mesmo contará com a encenação de Jean Paul Bucchieri.

A concretização deste projeto representa mais uma oportunidade fantástica no desenvolvimento das competências sociais, musicais, culturais e artísticas dos nossos alunos, razão pela qual convidamos toda a Comunidade Docente e não Docente a assistir às apresentações da nossa Ópera, no dia 1 de Junho, no Teatro Municipal de Almada, sendo que a primeira sessão terá início pelas 10h30, e a segunda pelas 12h00.

As aventuras do inconsequente Papagueno em busca de um grande amor, o drama de Pamina, princesa raptada pelo malvado Zarastro, que se apaixona por Tamino, príncipe enviado pela Rainha da Noite para o seu resgate, farão as delícias de todos os que assistirão a todas estas peripécias cantadas e interpretadas pelos nossos alunos!

Encontro com os escritores Afonso Soares Lopes e Ivanir Corrêa de Faria

Terça-Feira, dia 22 de Maio, na Biblioteca da Escola EB1 JI do Pinhal do General, estarão presentes os escritores:

Afonso Soares Lopes

e

Ivanir Corrêa de Faria

Horário da Presença dos Autores
Afonso Soares Lopes 9.45 – 10.45h 1ºs A, B e C
11.30- 12.15/12.30h 2ºs A, B e 3ºD
Ivanir Corrêa de Faria 14.30 – 15.30h 3ºsA,B e C
15.30 – 16.15h 3ºE e 4ºs A e B

Teste Intermédio de Matemática 9.º Ano – 10 de maio Informações gerais e material necessário

No próximo dia 10 de maio, quinta-feira, os alunos do 9.º ano irão realizar o teste intermédio da disciplina de Matemática, pelo que deverão comparecer na escola às 9h30. A confirmação de presença e entrada na respetiva sala será feita às 9h45 e a prova terá início às 10h05, terminando às 11h35. Os alunos não poderão entrar nem sair da sala durante a realização da prova. Nessa manhã os alunos apenas realizarão o teste intermédio, recomeçando as atividades letivas a partir das 13h35, de acordo com o seu horário.

Os alunos serão organizados por ordem alfabética e distribuídos por 6 salas (auditório, seminário, sala 22, sala EV, Lab. CN e Lab. FQ) de acordo com a listagem afixada.

Para a realização da prova os alunos deverão levar bilhete de identidade ou cartão de cidadão.

Os alunos apenas podem usar, como material de escrita, caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta.

Os alunos devem ser portadores de:

  • material de desenho e de medição (lápis, borracha, régua graduada, compasso, esquadro e transferidor);
  • calculadora – que tenha as funções básicas, +, –,, ÷, ; seja silenciosa; não necessite de alimentação exterior localizada; não tenha cálculo simbólico (CAS); não tenha capacidade de comunicação à distância; não tenha fitas, rolos de papel ou outro meio de impressão.

Não é permitido o uso de corretor.

As respostas são registadas em folha própria da escola, não podendo ser dadas no enunciado do teste. Se existirem itens que envolvam construções geométricas, estes estarão na última página dos testes, para facilitar o destaque dessa página, que incluirá a identificação do aluno. Durante a realização do teste intermédio não poderão ser prestados esclarecimentos.

Não será permitida a entrada de telemóveis nem outros meios de comunicação. Caso algum aluno seja portador deste tipo material, ser-lhe-á solicitado que o deposite numa caixa específica à entrada da sala.

O Gestor do Projeto Testes Intermédios

Teste Intermédio de Matemática – Lista de alunos por sala

Exposição “A história da Comunicação”

Exmo. Sr. Encarregado de Educação

A Comissão TIC, do Agrupamento de Escolas da Boa Água, tem o prazer de o convidar a participar, em parceria com o seu educando, numa exposição sobre a história da comunicação. Esta exposição terá lugar na 3ª Edição das Tasquinhas Pedagógicas.

O desafio que lhe propomos é criar um meio de comunicação, com materiais recicláveis, ou então, construir um cartaz elucidativo sobre um meio de comunicação à escolha.

Contamos consigo!

Data limite de entrega: 1 de junho

A Comissão TIC

 

Entrada em funcionamento do GIAE

No próximo dia 16 de Maio entrará em funcionamento o novo sistema de acesso às instalações e aquisição de serviços na escola, utilizando o cartão eletrónico de identificação (GIAE). A partir dessa data, a identificação e aquisição de bens na escola sede apenas poderá ser feita usando o cartão.
O cartão poderá ser carregado na papelaria da escola. O carregamento mínimo é €1,00.
O Regulamento de funcionamento dos cartões está disponível na página da internet para consulta por todos.
Este sistema está já em teste durante a corrente semana e todos os utilizadores, em especial os alunos, deverão testar o seu cartão eletrónico, quer no acesso na entrada quer no quiosque disponível no átrio principal. Assim:
1. Todos os alunos/docentes/não docentes que ainda não possuam cartão deverão dirigir-se à papelaria. Caso não tenham o cartão ativo ou não tenham ainda foto deverão dirigir-se aos serviços administrativos para regularizar a situação.
2. Os cartões que não estiverem funcionais serão trocados gratuitamente.
3. Os cartões não levantados e as situações não regularizadas até ao dia 11 de Maio não poderão beneficiar do preço inicial de custo do cartão (€3,00 ou €1,50 para alunos de 9º ano) implicando a sua aquisição pelo preço de 2ªvia ou substituição (€5,00).
4. A partir de dia 9 de Maio os alunos ou Encarregados de Educação poderão carregar o cartão na papelaria para evitarem os aglomerados do primeiro dia de funcionamento.
Quinta do Conde, 7 de Maio de 2012
A Direção,

Regulamento GIAE